O grupo Capella Duriensis, é considerado “embaixador” internacional da música sacra portuguesa, pela qualidade da sua interpretação musical e pela divulgação deste repertório, sendo dirigido por Jonathan Ayerst.
Vão brindar-nos com música vocal desde o período medieval até à atualidade.
Neste concerto, estreará uma das obras encomendadas pelo projeto Sente a História inspiradas na mitologia do Alto Minho – a Canção da Lenda de Nossa Senhora da Pegadinha – uma tradição de Ponte da Barca. A música foi composta pelo pianista e compositor Mário Laginha sobre as palavras de Augusto Canário, escritas de acordo com a tradição repentista dos cantares ao desafio do Alto Minho.